Contacto Geral 253 027 000

Hospital discute estratégias de avaliação e intervenção nos maus tratos a crianças e jovens

O Núcleo Hospitalar de Apoio à Criança e Jovem em Risco (NHACJR) do Hospital de Braga organizou, hoje, a segunda Eventoedição do Curso de Avaliação e Intervenção nos Maus Tratos em Crianças e Jovens.

A iniciativa, decorrida nos Auditórios do Hospital, pretendeu refletir sobre estratégias de intervenção interdisciplinares e interinstitucionais, no sentido de dotar os diferentes profissionais de competências para agirem de forma assertiva perante situações de maus tratos.

Na sessão de abertura, Henedina Antunes, coordenadora do NHACJR do Hospital de Braga, aponta a “prevenção” como palavra de ordem nesta temática e afirma a vontade de “focalizar, em Braga, os esforços que têm contribuído para que Portugal seja, segundo a UNICEF, um dos melhores países em termos de segurança e crescimento para as crianças”. Já Alberto Bessa Peixoto, Diretor Clínico do Hospital de Braga, realça o “especial agrado com que o Hospital apoia este tipo de iniciativas, pois inscrevem-se na sua estratégia geral de intervir nas grandes questões de ordem social”.

O dia ficou marcado pelo debate sobre temas atuais e alusivos à saúde física e mental das crianças e jovens. Mais concretamente, foi discutido o papel e os desafios das instituições de ensino na proteção das crianças, os mecanismos subjacentes à audição de crianças e adolescentes maltratados e, ainda, os impactos da violência doméstica nos mais novos.

Este evento reuniu cerca de 200 participantes, entre profissionais de saúde, profissionais de educação e estudantes.